Respingos

RESPINGOS desnuda a metrópole que não reconhecemos. As horas fugidias, os vãos dos viadutos, a feira livre, a fábrica. Tudo convida a pensar… RESPINGOS diz que olhar é um problema e que enxergar é mais difícil. Assistir é fácil. Sobreviver à cidade sem cumplicidade?RESPINGOS, como poesia eletrônica, sai em busca do reencontro com real que nos assusta! RESPINGOS acolhe e assombra, pois a força das imagens faz-nos pensar sobre o que respinga em todos. E não diminuirá o imenso desejo de transformar a metrópole em esperança…

Direção: André Carrieri

Roteiro: Paulo Afonso Ronca e Cleide Terzi.

Música: Marcos Ariel

Sampa, 2004

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s